top of page
Buscar

Dia dos Povos Indígenas no Brasil: por que precisamos falar sobre esta data? – por Evelin Haslinger



Imagem: Edgar Kanaykõ/ Apib.

Uma prévia do Censo 2022 aponta que existem cerca de 1,65 milhão de indígenas no Brasil. Embora com todos os avanços advindos com a Constituição de 1988, historicamente, os povos indígenas são desvalorizados e excluídos da sociedade brasileira.


Primeiro, os colonizadores europeus roubam e matam os indígenas que já estavam em solo brasileiro. Hoje, garimpeiros ilegais invadem seus territórios para roubo de madeira, garimpo ilegal e até mesmo para construção de loteamentos. No território urbano, encontram-se em situação de vulnerabilidade social e a população brasileira tem dificuldade em acolhê-los e respeitar a sua cultura.


Recentemente, vivenciamos uma crise humanitária com os povos Yanomani em Roraima e uma devastação do território amazônico.


Diante deste cenário, o Dia dos Povos Indígenas, criado a partir de decreto em 1943, e, revogado em 2022 através do projeto de lei 14.402, se faz tão necessário para demarcar a luta dos povos indígenas pela garantia de direitos. A data também é um dia em que buscamos conscientizar a população sobre a urgência do respeito à diversidade e valorização da cultura indígena.


Você não precisa ser militante ou especialista do tema, mas você pode fazer a sua parte respeitando e garantindo os direitos dos indígenas em sua comunidade. Respeite a diversidade e a cultura indígena!


Evelin Haslinger é apresentadora do Programa Atitude Sustentável, da Start Comunicação

0 comentário

Comments


labelladonnasaoleopoldo.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page