top of page
Buscar

Doctor Clin anuncia construção de novo empreendimento com hospital em São Leopoldo


Imagem: Graziela Assmann/ Doctor Clin.

Moradores do Vale do Sinos poderão contar com serviços de emergência, internação, cirurgia e diagnóstico por imagem em uma nova instituição de saúde a partir de 2027. Isso porque o projeto para a construção de um hospital da Doctor Clin, em São Leopoldo, está sendo protocolado junto a prefeitura do município.


O novo complexo hospitalar deve ser construído em uma área total de 27 mil metros quadrados, incluindo o edifício com 250 vagas de estacionamento, no bairro Cristo Rei. Conforme a Doctor Clin, a instituição de saúde oferecerá uma “ampla gama de serviços médicos, desde consultas e exames até cirurgias e tratamentos especializados”.

Para a emergência, por exemplo, o projeto prevê uma estrutura para atendimentos dos públicos adulto e pediátrico, traumatológicos e cirúrgicos. Já na unidade de internação serão 128 leitos, sendo 96 semiprivativos, 12 privativos, 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 10 de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), destinada a pacientes semicríticos.


O centro cirúrgico deve ter oito salas de cirurgia e um setor de recuperação com 24 leitos, enquanto o centro cirúrgico ambulatorial contará com quatro salas de operação e 12 vagas de recuperação. A instituição de saúde também terá um espaço para o Laboratório Qualitá, um centro da mulher e um centro de diagnóstico por imagem, com espaços para exames de mamografia, densitometria óssea, raio-x, tomografia, ressonância magnética, além de sala de preparo e recuperação.


Marcelo Dietrich, diretor executivo da Doctor Clin, afirma que o novo hospital será construído com “tecnologia de ponta”, oferecendo instalações modernas e equipamentos de última geração, com o objetivo de garantir o melhor tratamento possível aos pacientes. "Nossa missão é fornecer cuidados de saúde acessíveis e abrangentes, e estamos comprometidos em trabalhar em estreita colaboração com a comunidade de São Leopoldo para atender às necessidades de saúde locais e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Os pacientes podem esperar receber atendimento personalizado e de alta qualidade em todas as etapas de seu tratamento", destaca.


De acordo com o cronograma, até o final de 2023 devem ser obtidas as licenças e as instalações provisórias e realizadas a topografia e as marcações. O início das obras está programado para março de 2024, enquanto a conclusão de todo o complexo é estimada para setembro de 2027.


Em 2022, o DC Group investiu cerca de R$ 40 milhões em serviços de saúde. Além de novas unidades em Porto Alegre e na Região Metropolitana, foram inaugurados dois complexos de saúde (Doctor Center) no Vale do Sinos e laboratórios Qualitá em diferentes cidades.


Hospital deve ajudar a diminuir pressão na rede pública


Na visão do prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, o projeto do novo complexo hospitalar deve colaborar para o desenvolvimento da cidade, atraindo mais trabalhadores e ajudando a diminuir a pressão na rede pública de saúde. Segundo ele, o município já conta com a Fundação Hospital Centenário, que atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS), uma unidade de pronto atendimento (UPA), um centro de saúde e uma rede com 55 postos de saúde, além de duas clínicas privadas, sendo uma da Unimed e outra do Centro Clínico Gaúcho (CCG).


Vanazzi ressalta que a Doctor Clin será a primeira empresa a usufruir dos benefícios da lei 9.740/2022, que foi sancionada em fevereiro deste ano, criando do Programa de Incentivo a Investimentos em Saúde (PIIS) em São Leopoldo. A iniciativa tem como objetivo aumentar a disponibilidade de atendimento privado em saúde para a população, oferecendo incentivos como isenção das taxas de aprovação, certidão, licença de localização, habite-se e autorização de funcionamento, isenção da cobrança de Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) por 10 anos e redução de 50% do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).


"Estamos sempre atentos aos momentos econômicos e aos setores que precisamos ajudar para se consolidarem no município. A nossa rede pública está trabalhando quase que exclusivamente na questão da prevenção e temos a faculdade de Medicina da Unisinos formando muitos profissionais. Então, a ideia é atrair esses investidores privados para criar trabalho, diminuir a pressão na rede pública e ajudar a cidade. Ficamos muito contentes que conseguimos começar isso a partir da legislação", explica.


Parceria com a universidade


A Doctor Clin também está desenvolvendo uma parceria com a Unisinos, a fim de unir esforços e conhecimentos para qualificar o atendimento já prestado à população de São Leopoldo. Por isso, o novo complexo hospitalar ainda deve contar com um espaço destinado aos estudantes da universidade, que terão acesso a todas as áreas de assistência sob supervisão dos profissionais da instituição. Setores fechados, como UTI e bloco cirúrgico, terão salas específicas para avaliação de casos e estudos.


"Essa parceria está sendo alinhada ainda, mas será um novo e qualificado espaço de prática para os alunos da Escola de Saúde da Unisinos. Estamos muito felizes", afirma Rochele Cassanta Rossi, decana da Escola de Saúde da Unisinos.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page