top of page
Buscar

Dois suspeitos de lesar idoso em mais de R$ 100 mil com golpe dos nudes são presos no Vale dos Sinos


Imagem: divulgação/ Polícia Civil.

Um grupo do Vale do Sinos, suspeito de aplicar o golpe dos nudes, foi alvo de operação da Polícia Civil de Nova Hartz na manhã desta quarta-feira (26). Duas pessoas foram presas, incluindo o homem apontado como líder da quadrilha – ele já cumpria pena no regime semiaberto no Presídio Estadual de São Leopoldo.


Na mesma ação, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão em residências de suspeitos em Nova Hartz, Parobé e Sapiranga, em busca de provas. Na investigação, que durou cerca de seis meses, a Polícia Civil identificou oito suspeitos de integrar o esquema.


O caso que deu origem à apuração foi de um idoso lesado em mais de R$ 100 mil. Segundo a Polícia Civil, ele passou a ser extorquido pelo grupo e chegou a adquirir empréstimos e a repassar um veículo para um golpista.


Como as extorsões prosseguiram, o idoso procurou a Polícia Civil. Duas pessoas – que estariam realizando ameaças ao homem – foram presas em flagrante ao longo da apuração.


A investigação mostrou que o esquema era comandando pelo homem que já estava no sistema prisional. Conforme a polícia, ele contava com o apoio de comparsas do lado de fora da cadeia, que ameaçavam e recolhiam o dinheiro das vítimas, e também de laranjas para receber os valores.


A delegada Ariadne Langanke afirma que as vítimas sofrem em silêncio as extorsões por conta do constrangimento, mas orienta que as pessoas não paguem valores e procurem a delegacia mais próxima.


Os presos na ofensiva e os investigados não tiveram os nomes divulgados.


Fonte: GZH

0 comentário
banner superior START CARNAVAL 2024.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page