Buscar

Doria diz que SP vai aplicar 4ª dose da vacina contra Covid-19 em toda a população


Imagem: Igor Do Vale/ NurPhoto.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou na manhã desta quarta-feira (09) que o estado vai aplicar a quarta dose da vacina contra a covid-19 em toda a população “independentemente da recomendação do Ministério da Saúde”. A declaração do tucano foi feita durante entrevista à Rádio Eldorado.


“Avançando na segunda dose, nós poderemos avançar na dose de reforço, a quarta dose, seguindo uma ordem de faixa etária”, falou.


E acrescentou: “Sim, vamos adotar em São Paulo a quarta dose, independentemente de haver ou não recomendação do Ministério da Saúde”.


Na segunda (07), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que o Brasil não deve aplicar a quarta dose da vacina contra covid-19 por hora. Ainda assim, o ministro afirmou que a segunda dose de reforço pode ser a “dose de 2022”.


"A área técnica tem discutido isso. A secretária Rosana [Leite de Melo, secretária extraordinária de enfrentamento à Covid do Ministério da Saúde] conversou comigo na sexta-feira passada e disse que o grupo técnico, neste momento, não avalia aplicar a quarta dose. Mas na prática seria a dose de 2022. O que nós temos é doses para garantir que todas as doses necessárias que sejam recomendadas pelos técnicos sejam disponibilizadas para a população brasileira", afirmou Queiroga.


Em dezembro do ano passado, a pasta autorizou a aplicação da quarta dose em pessoas acima de 18 anos, com alto grau de imunossupressão.


Apesar de não haver recomendação do Ministério da Saúde para o restante da população, a cidade de Botucatu, no interior de São Paulo, já está aplicando a quarta dose.


No início desta semana, idosos com 60 anos ou mais e que tinham tomado a terceira dose de vacina contra a covid-19 há pelo menos quatro meses, já podiam receber a dose a quarta dose.


De acordo com a secretaria municipal de Saúde, a ação busca “oferecer maior proteção aos idosos, grupo que tem preenchido majoritariamente os últimos casos de internação” no município.


Fonte: Yahoo

0 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png