Eduardo Leite se diz arrependido de ter votado em Bolsonaro nas eleições de 2018


Foto: Divulgação

O governador Eduardo Leite voltou a se pronunciar sobre o caso da mulher presa por bater panela durante a motociata em que Jair Bolsonaro participou no último sábado (10) aqui no Estado. Pelo twitter, ele afirma que votou em Bolsonaro nas eleições de 2018, mas que se arrependeu.





Esta é a segunda vez que Eduardo Leite comenta o caso da mulher da presa. Horas antes, o governador havia se pronunciado sobre o episódio e dito que a Brigada Militar iria abrir procedimento para apurar o ocorrido, assim como “as condições em que se deu o recolhimento de manifestante hoje em Porto Alegre”.


Em um vídeo publicado nas redes sociais, a manifestante Betina de Jesus, reconhece que se exaltou durante a motociata. “A Brigada Militar em momento algum me maltratou, eles fizeram o trabalho deles, eu estava alterada e reagi ao ataque de um motociclista do Bolsonaro, que parou a moto para me dizer desaforo, porque eu estava no meu livre direito de manifestação”, afirma.


A Secretaria de Segurança Pública (SSP) emitiu nota no sábado na qual afirmou que a manifestante foi abordada e solicitada, “por diversas vezes”, a se afastar do leito da via para evitar possível acidente. Betina protestava batendo em uma panela contra os motociclistas na esquina da João Pessoa e da Venâncio Aires, no bairro Cidade Baixa. Como ela não atendeu aos pedidos dos policiais, conforme ocorrência registrada, ela foi levada até a delegacia, fez exame de corpo de delito e foi liberada após assinar um termo circunstanciado.

0 comentário