top of page
Buscar

Educação Ambiental do Semae transforma resíduos em alimentos

Fruto do trabalho do setor de Educação Ambiental do Serviço Municipal de Água e Esgotos de São Leopoldo (Semae), a autarquia mantém, desde outro de 2022, em sua sede, no Centro, um espaço destinado ao cultivo de temperos e hortaliças, onde também tem uma composteira que recebe todo o resíduo orgânico gerado na unidade.


O espaço de 40 m² é mantido por funcionários e é utilizado como um espaço de educação ambiental da autarquia. Nele, são cultivadas 35 espécies, entre hortaliças, temperos e chás, como alecrim, cebolinha, manjericão, aipim, tomate, couve, pimentão, abacate, berinjela, entre outros.


Para o responsável pela Educação Ambiental, Daniel Santos, "mais do que fornecer alimentos, a horta do Semae permite demonstrar que os resíduos orgânicos, que são algo que custa dinheiro para levar para o aterro municipal, podem ser transformados em alimento saudável”.


Além do Centro, a autarquia possui composteiras de chão em outras três unidades e disponibiliza formações para pessoas que desejam iniciar a sua própria composteira. Os interessados em obter a formação podem entrar em contato pelo e-mail educacao.ambiental@semae.rs.gov.br ou pelo WhatsApp (51)98926-6125.


Fonte: Semae

0 comentário

Commentaires


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page