top of page
Buscar

Em um mês, R$ 342 milhões foram sacados do "dinheiro esquecido" do Banco Central


Imagem: iStock.

Um mês após a liberação, o Banco Central informou nesta segunda-feira (10) que o Sistema de Valores a Receber (SVR) já registrou saques que totalizam R$ 342,2 milhões, o que representa 5,7% do total a ser resgatado, já que, ao todo, a instituição registra R$ 6 bilhões em "dinheiro esquecido".

Até o momento, 4,8 milhões de pessoas físicas já sacaram algum montante. Com os resgates, cerca de R$ 5,658 bilhões seguem disponíveis.


Uma única pessoa física "encontrou" R$ 750 mil , o maior resgate de uma única conta. A autoridade monetária informou ainda que o maior valor sacado por uma pessoa jurídica foi de R$ 252 mil, superando os R$ 198 mil que era o recorde anterior.


O BC informou que manterá o sistema aberto "independente do montante, o recurso pertence ao cidadão e deve a ele ser devolvido". No ano passado, os valores eram liberados em partes.


A página para consulta inicial de dinheiro esquecido está ativa desde o dia 28 de fevereiro. Já o sistema para saque está no ar desde 7 de março.


O BC trouxe novidades da modalidade nesse retorno. Entre elas, a inclusão de todos os tipos de valores previstos na norma do SVR, ampliando a possibilidade e o montante a receber.


Além disso, é possível consultar valores de pessoa falecida, com acesso para herdeiro, testamentário, inventariante ou representante legal, informando os dados de contato da instituição responsável pelo valor e a faixa de valor.


Confira a quantidade de beneficiários por faixa de renda:

  • entre R$ 0,00 e R$ 10,00: 29.282.110 contas | 62,55% do total;

  • entre R$ 10,01 e R$ 100,00: 12.195.837 contas | 26,05% do total;

  • entre R$ 100,01 e R$ 1.000,00: 4.694.862 contas | 10,03% do total;

  • acima de R$ 1.000,01: 643.105 contas | 1,37% do total.


Cuidado com golpes


  • O único site onde você pode consultar e saber como solicitar a devolução dos seus valores, da sua empresa ou de pessoas falecidas é o https://valoresareceber.bcb.gov.br

  • Todos os serviços do Valores a Receber são totalmente gratuitos. NÃO faça qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores.

  • O Banco Central NÃO envia links NEM entra em contato com você para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais.

  • Somente a instituição que aparece no Sistema de Valores a Receber é que pode te contatar e ela NUNCA vai pedir sua senha.

  • NÃO clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram.


Fonte: iG

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page