top of page
Buscar

EXCLUSIVO: São Leopoldo sobe uma posição e passa da 8ª para a 7ª maior economia do RS em 2021


Oitava colocada entre as maiores economias do Rio Grande do Sul em 2020, São Leopoldo subiu uma posição em 2021 e agora ocupa o sétimo lugar. No primeiro ano de pandemia, o município leopoldense tinha participação de 2,08% (cerca de R$ 9,8 bilhões) no Produto Interno Bruto (PIB) gaúcho. Já no ano retrasado, esse percentual caiu para 1,87%, o que representa quase R$ 11 bilhões.


Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (15) pelo Departamento de Economia e Estatística (DEE), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Planejamento, Governança e Gestão, em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com defasagem de dois anos, os números são finalizados após o IBGE consolidar todos os dados necessários para o cálculo definitivo do PIB, o que ocorre após esse intervalo de tempo.


Conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico de São Leopoldo, Juliano Maciel, o resultado demonstra que a cidade tem uma matriz produtiva pujante e resiliente. "Recebemos com muita alegria esse avanço no ranking das maiores economias gaúchas. Temos nos mantido sempre entre os 10 maiores PIBs do RS. O planejamento estratégico para o desenvolvimento econômico de São Leopoldo nos próximos anos é sólido e nos faz acreditar que teremos bons anos pela frente", comemora.


Triunfo avança sete posições em um ano


Com o avanço de sete posições, Triunfo foi a cidade que mais cresceu no ranking, com o PIB da cidade chegando a R$ 12,98 bilhões no ano (2,23% do total do Estado), o que a fez alcançar a quinta posição no RS, com um ganho de 0,7 ponto percentual (p.p) na comparação com 2020.


Já Rio Grande avançou três posições no ranking em 2021, e agora conta com o quarto maior PIB do RS (R$ 13,28 bilhões; 2,28% do total do Estado), e Pelotas (do 9º para o 8º) também subiu no ranking estadual.


Porto Alegre, Caxias do Sul e Canoas permaneceram nas três primeiras posições na lista de 2021, seguidas de Rio Grande, Triunfo, Passo Fundo, São Leopoldo, Pelotas, Gravataí e Novo Hamburgo. A capital gaúcha foi a cidade com a maior perda de participação percentual no PIB do RS, com menos 2,1 p.p, seguida de Santa Cruz do Sul (-0,54 p.p). Em relação a 2020, o município do Vale do Rio Pardo deixou a lista das dez maiores economias, passando do 5º para o 11º lugar.


Guilbert Trendt, da Redação Start com informações do Governo do RS




0 comentário

コメント


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page