top of page
Buscar

Homem que usava carro de transporte por aplicativo para fazer telentrega de drogas é preso em Canoas


Imagem: divulgação/ Polícia Civil.

A Polícia Civil prendeu, na madrugada desta quinta-feira (22), no bairro Rio Branco, em Canoas, um homem que utilizava um veículo de transporte por aplicativo para fazer tele-entrega de drogas na região. Ele escondia maconha dentro do fogão da sua residência. O nome do preso não foi divulgado porque a investigação continua.


A ação foi realizada por policias da 1ª Delegacia do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc). O delegado Guilherme Dill diz que o homem, investigado há dois meses, usava um veículo Sandero – credenciado para atuar em aplicativos de transporte – para encaminhar as drogas a usuários, mas também para abastecer pontos de venda.


O Denarc está atrás do dono do carro e do motorista que habilitou o veículo para transportar pessoas. Dill ressalta que, para se habilitar a este serviço, um dos requisitos é não ter passagem pela polícia, e este não é caso do suspeito detido.


O Sandero foi apreendido, e os agentes já têm a identificação do proprietário – agora, estão averiguando se ele também é motorista de aplicativo.


O delegado ressalta ainda que o suspeito usava a própria casa para guardar drogas. No fogão da residência, foram encontrados quatro quilos de maconha. Já no armário da cozinha, havia um quilo de cocaína, ecstasy, LSD, haxixe, munição e uma pistola nove milímetros. Duas balanças de precisão também foram localizadas dentro da casa no bairro Rio Branco.


"O traficante responsável pela droga tentou fugir dos policiais no momento da abordagem, mas foi contido é preso", diz Dill.


Sobre os antecedentes criminais do preso em flagrante, o delegado diz que ele responde por diversos delitos relacionados à Lei Maria da Penha.


A ação é mais uma oinvestida da Polícia Civil para descapitalizar o crime organizado e efetuar apreensões de grandes quantidades de droga, inclusive em locais conflagrados de guerra entre traficantes.


Denúncias ao Denarc podem ser feitas de forma anônima pelo telefone 08000-518-518.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page