top of page
Buscar

Jornalista morre ao vivo após ser atingido por bomba no Sul do Líbano


Imagem: Reprodução/ Instagram/ Issamabdallah

De acordo com a TV Al-jazira, integrantes da emissora e da agência de notícias Reuters foram atingidos, nesta sexta-feira (13), por bombardeios no sul do Líbano, na fronteira com Israel. O fotojornalista Issam Abdallah, da Reuters, foi morto e outros três ficaram feridos: a repórter Carmen Joukhadar e o cinegrafista Elie Brakhya, os dois da Al Jazeera (a identidade e o veículo do terceiro ferido não foram divulgados).

Os jornalistas cobriam os bombardeios no local quando foram atingidos por um dos ataques. O momento estava sendo transmitido ao vivo pela Reuters. Nas imagens é possível ouvir uma mulher gritando ao fundo: “O que aconteceu? Não consigo sentir as minhas pernas”.


"Estamos profundamente entristecidos por saber que nosso cinegrafista, Issam Abdallah, foi assassinado", declarou a agência de notícias britânica em um comunicado.


De acordo com a agência de notícias francesa AFP, fontes de segurança libanesas afirmaram que o bombardeio aconteceu após uma "tentativa de infiltração" em Israel. Segundo o Al Manar, o canal do Hezbollah libanês, houve disparos na fronteira após o ataque. Fonte: Correio Braziliense

0 comentário

Comentarios


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page