top of page
Buscar

Mais um suspeito é preso por morte de estudante da UFRGS em Porto Alegre

Após a prisão de cinco suspeitos de envolvimento no ataque a tiros que matou a estudante Sarah Domingues, 28 anos, e de um comerciante na Ilha das Flores, em Porto Alegre, na manhã desta terça-feira (6), um sexto homem que teria participação no crime foi preso à tarde pela Polícia Civil. 


Ele foi alvo de mandado de busca e apreensão durante a Operação Flor de Lótus, e em sua casa foram encontrados capacetes e um moletom que podem ter sido utilizados no crime, que aconteceu no dia 23 de janeiro, no bairro Arquipélago. 


O sexto suspeito, que assim como os demais não teve a identidade divulgada, teve a prisão decretada durante a tarde dessa terça, enquanto prestava depoimento na delegacia.


Mais cedo, cinco pessoas já haviam sido presas, entre elas, o mandante e dois executores. Todos estão detidos por 30 dias, prorrogáveis por mais 30 dias. Outras quatro pessoas continuam sendo investigadas.


O crime ocorreu em frente a um mercado na Rua do Pescador, na Ilha das Flores, na noite de 23 de janeiro. Foram 15 disparos efetuados contra as vítimas. 


A estudante Sarah estava no local fazendo uma entrevista com a outra vítima para o trabalho de conclusão da faculdade de Arquitetura da UFRGS. Ela foi atingida por dois tiros, sendo um no coração, conforme laudo de necropsia. 


A polícia informou que o crime foi motivado por uma desavença entre o comerciante – que era o alvo da ação criminosa – e o grupo mandante do crime, uma facção que atua na região. 

Nenhuma das vítimas tinha envolvimento com o crime organizado, segundo a investigação.


Fonte: GZH 

0 comentário

Commentaires


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page