top of page
Buscar

Pia Sundhage é demitida da Seleção Brasileira Feminina


Imagem: Alex Pantling/ FIFA.

A técnica Pia Sundhage foi desligada do comando da Seleção Brasileira Feminina na tarde desta quarta-feira (30). A saída acontece após a decepcionante campanha do Brasil na última Copa do Mundo.


Sob o comando de Pia, o país teve sua pior colocação da história em Mundiais adultos e caiu logo na fase de grupos, após empate contra a Jamaica.


A Seleção era comandada pela sueca e sua comissão técnica desde julho de 2019.


“Encerramos a partir de hoje o trabalho de Pia com a CBF. Quero agradecer a ela e a todos aqueles que conviveram e fizeram parte da comissão técnica da Seleção Brasileira Feminina de Futebol”, disse o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.


“Pia trouxe também, nesse período de 2019 até aqui, um trabalho que, para a CBF e para o futebol brasileiro como um todo, foi muito importante. Desejamos a ela, em seus novos desafios, todo o sucesso”.


Veja o aproveitamento de Pia pela Seleção Feminina


  • 57 partidas;

  • 34 vitórias;

  • 13 empates;

  • 10 derrotas;

  • Jogos Olímpicos de Tóquio 2020: eliminada nas quartas de final;

  • Copa do Mundo Feminina de 2023: eliminada na fase de grupos.


Futuro da Seleção


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve anunciar uma nova comissão técnica nos próximos dias, visando os jogos Olímpicos de Paris em 2024 e um novo ciclo até a próxima Copa do Mundo em 2027.


Rumores apontam que Arthur Elias, técnico multicampeão pelo time feminino do Corinthians, seria o favorito da CBF para assumir a vaga.


Fonte: CNN Brasil



0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page