top of page
Buscar

Primeiro pedágio com cobrança automática no Estado começa a funcionar na Serra Gaúcha


Também conhecido pela expressão inglesa “free flow” (“fluxo livre”), o sistema de pedágio com cobrança automática terá sua primeira unidade em funcionamento no Rio Grande do Sul a partir desta sexta-feira (15). O pórtico está localizado na rodovia estadual ERS-122, entre as cidades de Flores da Cunha e Antônio Prado, na Serra Gaúcha.


Inicialmente, a tarifa do pórtico de Antônio Prado será equivalente à praticada na praça de pedágio de Flores da Cunha: R$ 8,30. Os condutores poderão efetuar o pagamento com cartão de crédito ou depósito via pix, seja por meio do site da concessionária CSG ou do aplicativo CSG FreeFlow (disponível para celulares com sisema Android e iOS).


Não é necessário estar cadastrado. Mas quem providenciar o registro contará com descontos especiais, além da possibilidade de inserir créditos na conta para cobranças posteriores também realizadas de forma automática. A adesão proporciona, ainda, serviços como consulta a valores pendentes.


A Secretaria de Logística e Transportes (Selt) projeta que a tecnologia em questão deve melhorar a circulação de veículos na região, já que a modalidade não utiliza as tradicionais praças com cancelas, eliminando assim a necessidade de paradas ao longo do percurso.


Bloco de concessões


O sistema é gerido pela concessionária CSG (Caminhos da Serra Gaúcha), responsável pelo chamado “Bloco 3” do plano de concessões de estradas pelo governo gaúcho. Está nos planos da Selt ampliar o número de pórticos ao longo das rodovias para reduzir o valor de cobrança em cada ponto de passagem.


“Essa inovação será muito útil para melhorar a vida de quem trafega nas rodovias desse bloco”, ressalta o titular da Secretaria de Parcerias e Concessões, Pedro Capeluppi.


Fonte: O Sul

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page