top of page
Buscar

Prometida para a Copa, pavimentação da ERS-118 deve ser concluída com mais de uma década de atraso


Imagem: Jefferson Botega/ Agência RBS.

Os usuários que utilizam a ERS-118, que ainda é de chão batido, precisarão esperar mais tempo para conseguirem usar a rodovia com asfalto. A obra ocorre em dois trechos e, em ambos, a previsão de término é 2024.


Primeiro trecho


Iniciada em setembro de 2021, a pavimentação de 16 km entre o Hotel Vila Ventura, em Viamão, e os limites do bairro Lami, no Extremo-Sul de Porto Alegre, deveria ter ficado pronta em junho de 2022. Depois disso, sofreu cinco adiamentos. O último deles, segundo o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), indica que a obra será finalizada em julho do ano que vem.


Segundo a autarquia, mais da metade da pavimentação já foi executada. Dos 16 km, 10 já estão pavimentados. Estão prontos do km 0 ao 0,9; do km 1,2 ao 1,8; do km 6,78 ao 8,0; e do km 8,6 ao 16,10. Os trabalhos estão sendo realizados pela construtora Coesul.


Apesar de já estarem em uso, estes trechos ainda não estão finalizados pois ainda falta realizar a instalação de placas. Os outros 6km estão em um estágio mais atrasado, com serviços de drenagem e alargamento de pista. Na primeira quinzena de novembro, segundo o Daer, mais 2 km devem receber asfalto.


Segundo trecho


Uma outra parte da rodovia teve o começo das obras iniciado há um ano. Ao todo, 4,7 km estão sendo pavimentados entre o acesso à vila do Parque Estadual de Itapuã e o antigo Leprosário. O serviço é executado pela empresa Encopav.


De acordo com o Daer, os trabalhos estão em fase preliminar, como terraplenagem e drenagem. Ainda não há nenhum trecho asfaltado. As obras estão concentradas em dois dos quase cinco quilômetros previstos. A obra tem previsão de conclusão em outubro de 2024.

Terrenos por obras


A pavimentação de 16 km custará R$ 22 milhões. Já pelo asfaltamento de cinco quilômetros o valor é de R$ 8,49 milhões.


Como forma de ajudar nos pagamentos devidos, o Daer avalia usar um terreno seu, no valor de R$ 727,94 mil. O assunto está sendo tratado pela Secretaria Estadual de Planejamento, Governança e Gestão. Em reunião realizada em 23 de outubro, o Comitê Gestor de Ativos avaliou requerimento da Secretaria Estadual de Logística e Transportes.


Obras para a seleção do Equador


As obras de pavimentação da ERS-118 foram iniciadas em março de 2013, mas foram agilizadas depois que a seleção do Equador anunciou que se hospedaria no Hotel Vila Ventura, durante a Copa do Mundo no Brasil. Em junho de 2014, os primeiros 3,5 km pavimentados foram concluídos, junto com outros 604 metros, de competência da prefeitura de Viamão.


Depois disso, as obras pararam. E assim permaneceram por sete anos. Porém, em agosto de 2021, o Daer contratou a empresa Coesul para retomar a construção. Foi autorizada a desapropriação de imóveis necessários para a realização dos trabalhos. E um termo aditivo foi publicado atualizando o contrato.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page