top of page
Buscar

Quatro pontos no Litoral Norte seguem impróprios para banho, aponta relatório de balneabilidade


Imagem: Bruno Alencastro/ Agência RBS.

O relatório de balneabilidade da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), divulgado nesta sexta-feira (26), aponta 10 pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul, sendo quatro no Litoral Norte. Das 91 áreas avaliadas no Estado, 81 estão liberadas aos banhistas. Os dados foram transmitidos em reunião operacional dos 40 dias da Operação Verão.


No Litoral Norte, estão impróprios trechos das praias da Cal, em Torres, Santa Terezinha e Mariluz, ambas em Imbé, e Rainha do Mar, em Xangri-lá. Conforme a Fepam, esses quatro pontos estão com os parâmetros adequados na atual medição, mas a mudança no índice depende de quatro amostras aptas em cinco coletas.


Um ponto de Tramandaí, que estava impróprio no último relatório, atingiu a quarta semana seguida com parâmetros adequados e foi liberado para banho. Em Pelotas, apenas um dos seis locais impróprios na última semana segue na mesma condição.


Locais com condição imprópria para banho:


  • Candelária, Vale do Rio Pardo: Balneário Carlos Larger - Rio Pardo

  • Dom Pedrito, Região da Campanha: Praia Passo Real – Rio Santa Maria

  • Imbé, Litoral Norte: Santa Terezinha – Rua Farroupilha

  • Imbé, Litoral Norte: Mariluz - Hotel Mariluz

  • Pelotas, Região Sul: Valverde – Trapiche

  • Santa Vitória do Palmar, Região Sul: Barra do Chuí

  • Santa Vitória do Palmar, Região Sul: Balneário do Porto – Lagoa Mirim

  • Torres, Litoral Norte: Praia da Cal – Avenida Independência

  • Xangri-lá, Litoral Norte: Rainha do Mar – Colônia de Férias Banrisul


As amostras de água coletadas passam por testes e monitoramento durante cinco semanas. Os dados das análises da água são divulgados sempre às sextas-feiras, no site e nas mídias sociais da Fepam. O projeto segue até março de 2024.


Fonte: GZH

0 comentário

댓글


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page