top of page
Buscar

Radar meteorológico será instalado em Montenegro para cobrir a Região Metropolitana


Imagem: divulgação/ Climatempo.

Um radar meteorológico será instalado no Morro São João, em Montenegro, com o objetivo de dar mais precisão à alertas e a previsão do tempo na Região Metropolitana de Porto Alegre. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (18). O equipamento servirá esta parte do Estado que tem grande concentração populacional e ainda não é coberta por esse tipo de serviço.


A empresa Climatempo, que entregará o serviço, realizou os estudos técnicos demandados pelo fabricante do radar nos locais potenciais de instalação. Segundo a empresa, foram analisados critérios como, por exemplo, a operacionalidade do equipamento, o acesso ao local, infraestrutura de energia elétrica e comunicação (internet), segurança e estrutura da fundação da torre de 40m de altura preexistente, tendo sido encontradas no Morro São João as condições mais favoráveis do que em outros locais analisados.


O equipamento terá uma cobertura de 150km de raio a partir do local de instalação, incluindo parte dos Vales.


Alguns ajustes serão necessários para viabilizar a instalação do radar junto à estrutura existente no local, sendo que já foram definidos os serviços a serem executados pela empresa. Após essa etapa, o equipamento do radar propriamente dito será fixado e serão feitas as ligações elétricas e lógicas para fins de testes de operação.


Os componentes do radar se encontram em fase final de testes de performance na sede do fabricante, e o próximo passo é a preparação e despacho para o Brasil.


A expectativa é de que o prazo para a execução dos ajustes e a entrega do serviço obedeça aos prazos estabelecidos em contrato, com início da operação prevista para o segundo semestre de 2024.


“Estamos muito satisfeitos com o andamento das etapas, dentro do prazo e buscando a excelência. A população gaúcha merece usufruir desse qualificado serviço, que irá ajudar ainda mais a Defesa Civil na gestão de risco de desastres”, disse o secretário-chefe da Casa Militar e coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, coronel Luciano Chaves Boeira.


Fonte: Correio do Povo

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page