top of page
Buscar

Rio dos Sinos segue em declínio nas regiões alagadas de Campo Bom, Novo Hamburgo e Sapiranga


Imagem: divulgação/ PMCB.

O Rio do Sinos está em lenta redução, de forma bem tímida, nas cidades do Vale do Sinos. Nesta terça-feira (7), em Campo Bom, as águas continuavam baixando e o nível do rio era de 7,48m (28cm acima do nível de transbordo) e a movimentação já se mostrava intensa de pessoas limpando suas casas. A régua chegou a marcar 8,58m na última sexta-feira (3), sendo considerada a maior enchente registrada em Campo Bom desde agosto de 2013.


A cidade contabiliza cerca de 3,5 mil desalojados. Mais de 300 pessoas foram abrigadas pela Prefeitura, nos ginásios Municipal e CEI e na sede da Acofe, além de outros recolhidos em igrejas locais. Campo Bom também acolheu, no Ginásio do Sesi, graças ao empenho da Prefeitura e grande mobilização da comunidade, mais de 100 pessoas de São Leopoldo.


O prédio da Secretaria de Obras de Campo Bom começou a ser limpo nessa terça. Instalada junto ao Parque do Trabalhador, a secretaria estava, desde a madrugada de sexta, literalmente, tomada pela cheia do Rio dos Sinos. O montante das perdas ainda não foi calculado, mas o prejuízo é grande. Pouco vai se salvar dos materiais armazenados no almoxarifado.


Novo Hamburgo aponta que o Sinos baixa 20 cm por hora no trecho do município, que ainda enfrenta muitos transtornos. Em Sapiranga o Rio dos Sinos também apresenta leve redução. A cidade contabiliza 246 pessoas desalojadas e 51 pessoas abrigadas em pontos do município. Há muitos bloqueios e lonas entregues a 26 residências.


Fonte: Correio do Povo


0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page