top of page
Buscar

Secretaria de Saúde renova parceria com Unisinos para atendimento na Rede Municipal de Saúde



Imagem: Thales Ferreira/ PMSL.

Mais estudantes e mais investimentos na rede municipal de saúde. Com essa projeção, foi assinado nesta terça-feira (19), o contrato organizativo de ação pública ensino saúde (Coapes) entre a Prefeitura Municipal de São Leopoldo e Unisinos. O acordo estipula as regras, contrapartidas e compromissos pactuados entre as instituições de ensino e os gestores municipais do Sistema Único de Saúde (SUS). As ações viabilizarão a inserção e ampliação da Escola de Saúde nos pontos de cuidado da Rede de Atenção em Saúde (RAS). De 2017 para cá, a parceria saltou de 268 inserções de alunos na rede para 1.299 em 2023.

 

“Em 2005, no primeiro mandato, Prefeitura e Unisinos eram instituições afastadas, que só se comunicavam em situações específicas. Hoje temos mais de mil alunos atuando no nosso sistema público. Quando olho esses resultados, que podem ser considerados recentes, fico orgulhoso de ter ajudado a construir essa relação. Hoje em todas as áreas há parceria”, disse o prefeito Vanazzi. Ele ainda falou da visão em comum na formação dos novos profissionais.


“Temos um olhar humanista que nos trouxe essa identificação com a universidade. O programa Mais Médicos, proposto pela ex-presidente Dilma, tinha esse sentido: que os estudantes vivenciem e aprendam com o SUS. No início me questionava ao observar os primeiros estudantes de Medicina matriculados, se eles iam dar certo trabalhando nas vilas, com as pessoas que mais precisavam. Eu vi que sim, que incorporaram o conceito. Isso é fruto de uma visão estratégica”, sublinhou.

 

O aspecto social também foi destacado pelo reitor padre Sérgio Mariucci. “A contrapartida é um dever que cumprimos com sentido social. Não formamos somente profissionais, mas também cidadãos. Trabalhamos saúde e educação como direitos. Quando os temas são tratados dessa forma, aumenta o vínculo do cidadão com o poder público, isso reforça a democracia. O Coapes é formação, que coloca o conhecimento em favor da sociedade”, ressaltou.

 

Na renovação da parceria serão concedidos descontos a partir de 25% para profissionais da rede de saúde em cursos na universidade. Em sua fala, a secretária da Saúde (Semsad), Andréia Nunes, falou sobre a qualidade do serviço prestado no SUS. “Quando fui na formatura da primeira turma de Medicina da Unisinos nesse ano, percebi nas lágrimas de cada profissional o esforço e a emoção para que a gente tivesse essa potência na rede pública. Essa parceria busca um processo cada vez mais qualificado, com estudantes e profissionais atuando juntos”, frisou.

 

Participaram do ato as professoras da Unisinos Vânia Schneider, Rochele Cassanta Rossi, Ana Karina da Cunha Fredel e Verlaine Maycá Mendonça. Pela prefeitura estiveram presentes a presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Paula Silva, o presidente da Fundação Hospital Centenário, Nestor Schwertner, e o procurador-geral do Município, Máicon Barbosa.

 

Sobre o Coapes

 

O trabalho foi apresentado pela professora Cláudia de Salles Stadtlober, da Unisinos, e pela médica Lisiane Bitencourt, do Núcleo Municipal de Educação em Saúde Coletiva (Numesc) da Semsad. O Coapes foi implementado pela Portaria Interministerial nº 1.127/MEC/MS, de 4 de agosto de 2015. Trata-se de um dispositivo da Política Nacional de Educação Permanente que promove processos participativos de construção da formação e desenvolvimento profissional no SUS e para o SUS. Em São Leopoldo, o Coapes foi inicialmente pactuado em 17 de dezembro de 2018.

 

O contrato tem um Comitê Gestor Local com a função de acompanhar a execução e avaliar a integração ensino-serviço-comunidade. Ele é composto por representantes dos segmentos envolvidos, tais como professores, estudantes, gestores, profissionais de saúde e membros do controle social em saúde, preferencialmente do segmento dos usuários.

 

Resultados obtidos

 

O Hospital Centenário foi um dos mais beneficiados com a parceria, com ações em diversas frentes:

 

  • Revitalização da Clínica C2 com novos quartos, circulação, posto de enfermagem, salas de aula. Investimento: R$ 266.371,09;

  • Abertura da Unidade de Saúde Mental: duas alas de internação (feminina e masculina);

  • Posto de Enfermagem, Copa, Sala de estar/convivência dos pacientes, Instalação elétrica e de ar-condicionado, Mobiliário, Equipamentos, Outros Equipamentos. Responsável: Fundação Municipal de Saúde. Investimento: R$ 161.749,33;

  • No projeto de adequação em hospital ensino, onze professores apoiaram as lideranças da Fundação Hospital Centenário em mais de 20 frentes para adequação do Hospital em Hospital de Ensino. Todas as ações foram em consonância com a legislação de Hospital de Ensino e legislações específicas de cada área/frente;

  • Reforma sala B - Bloco cirúrgico. Investimento: R$ 29.425,00;

  • Elétrica sala cirúrgica. Investimento: R$ 18.090,00;

  • Dormitório Residentes - vestiário, banheiros, salas de aula. Investimento: R$ 360.185,37;

  • Compra de equipamento para laparoscopia para a sala cirúrgica do HC. Investimento: R$ 400 mil;

  • Foco Auxiliar Akyled para a sala de cirurgia. Investimento: R$ 26.258,08;

  • Equipamento e Mobiliário Geral - Material para Histeroscopia;

  • Investimento de R$ 108.368,00;

  • Centro Médico Capilé: Reforma de 50,10m², 1 sala de aula para 20 lugares, dois banheiros (um acessível). Investimento: R$ 100.952,51.

 

UBS Cohab Feitoria

  •  Ampliação de 113,90m². Investimento: R$ 233.628,92.

 

UBS Santa Marta

  • Ampliação de 251 m² e reforma de 63,51m².

 

UBS Brás 

  • Ampliação de 80,43m² e reforma de 209,97m². Investimento: R$ 493.391,53.

 

UBS Cohab Duque 

  • Reforma de 79,18m² e ampliação de 145,66m². Investimento: R$ 810 mil.

 

UBS Paim

  • Construção 382,12m². Investimento: R$ 2.160.208,82.

 

Centro Municipal do Idoso

  • Reforma de 50,10m². Investimento: R$ 128.764,93

 

Projetos em parceria

 

UNITelecuidado; Farmácia Viva, Bolsa Complementar dos residentes Medicina de Família e Comunidade – prefeitura; PET - saúde (edital SGETES); Núcleo de Atenção à Pessoa Idosa (NAPI); Projeto Canal de Atendimento Digital.


Fonte: PMSL

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page