top of page
Buscar

Abastecimento de água em Esteio e Sapucaia deve começar a ser normalizado a partir desta terça-feira

Atualizado: 14 de mai.


Imagem: divulgação/ Corsan Aegea.

A retomada do abastecimento de água, já avançada em regiões do interior e algumas localidades da Região Metropolitana, entra novamente em estado de alerta devido ao aumento dos níveis dos rios Taquari e Caí, segundo informou a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).


Nas cidades de Esteio e Sapucaia do Sul o sistema segue o mais comprometido pelo alagamento das estruturas, potencializado pela chuva da madrugada deste domingo (12). Atualmente, 86 mil pontos estão sem água nestas duas cidades, representando 52% do desabastecimento total da região.


Cumprindo o Plano de Contingência da Companhia, estão sendo construídos 3,8 km da nova adutora que levará água para o centro de reservação que atende Esteio e Sapucaia. A expectativa, mesmo com o mau tempo, é a de que os trabalhos estejam concluídos até esta terça-feira (14). De acordo com o planejamento, e para atender a população enquanto a ETA permanece inundada, cinco estações Móveis de Tratamento de Água estão sendo instaladas em regiões mais altas para atender o sistema e entrarão em operação nos próximos dias.


Nesse domingo, mergulhadores trabalham na vedação da entrada de água no poço de sucção da estação de captação, e na montagem da bomba para impermeabilizar o reservatório. As estruturas também recebem serviços de drenagem, na tentativa de reduzir o nível do alagamento para o reparo de equipamentos e sistemas elétricos.


De acordo com o Centro de Operação e Informação da Corsan, a falta de água ainda afeta 191 mil imóveis em 18 cidades atendidas pela Companhia no Estado. São 165 mil imóveis desabastecidos em sete municípios. Em Alvorada, Cachoerinha, Canoas, Gravataí e Viamão o fornecimento de água está sendo retomado gradualmente.


Fonte: Correio do Povo

0 comentário

Commentaires


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page