top of page
Buscar

Arroio da Manteiga é a primeira comunidade a ser contemplada pela nova etapa do Pavimenta Mais São Léo


Imagem: Bernardo Almeida/ PMSL.

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, anunciou nesta quarta-feira (6), junto à comunidade do Arroio da Manteiga, na sede da Comunidade Divino Espírito Santo, a ordem de início das obras de pavimentação da rua João de Barro e apresentou os projetos de investimentos do Programa Pavimenta Mais São Léo. A obra teve início nesta quinta-feira (7) e serão investidos cerca de R$ 700 mil em 820 metros da via.


Durante o anúncio, Vanazzi citou o planejamento e os investimentos a longo prazo que a prefeitura vem fazendo em todos os bairros. “Nós estamos preocupados com a ampliação do calçamento e das infraestruturas que estamos construindo, pois junto a isso temos que fazer mais escolas, fazer mais postos de saúde, além de outros investimentos. Tudo isso está em nosso plano para os próximos 30 anos no novo Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) do governo Federal, onde cadastramos em projetos mais cerca de R$ 1,2 bilhão. Isso mostra nosso compromisso com uma cidade mais moderna e inovadora para o futuro”, afirmou. O prefeito Vanazzi também anunciou a pavimentação de mais duas ruas de ligação na região, como exemplo citou a duplicação da rua Júlio de Castilho.


O secretário de Obras e Viação (Semov), Geraldo Passos, falou a respeito da grande mobilização da Prefeitura com as obras de infraestrutura que estão sendo realizadas na cidade e deu exemplo de comunidades que já foram beneficiadas por esse projeto. “Vi pessoas aqui do Jardim Fênix que não conseguiam dormir na chuva pois a água entrava dentro de casa, e hoje graças a revitalização do calçamento que fizemos na região, esse problema foi resolvido. Então esse é o motivo do nosso orgulho, levar o bem estar para a população. Isso pode ser visto em todo canto da cidade”, declarou.


Fernando Menezes, titular do Orçamento Participativo (OP), pontuou a importância do OP na distribuição de recursos da prefeitura. “O Orçamento Participativo é para tornar o cidadão controlador do orçamento, o movimento das associações de moradores, da sociedade, também é muito importante para a construção dessas obras. É somente com a participação popular que iremos construir uma cidade melhor, com mais ruas asfaltadas, com mais obras e melhorias de mobilidade para a população”, disse Fernando.


Fonte: PMSL

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page