top of page
Buscar

Caixa anuncia fim do empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil


Imagem: Pilar Olivares/ Reuters.

A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta sexta-feira (24), a suspensão definitiva do empréstimo consignado aos beneficiários do Auxílio Brasil, que voltará a se chamar Bolsa Família.


Segundo a Caixa, “os estudos técnicos sobre o Consignado Auxílio foram concluídos e o banco decidiu retirar o produto de seu portfólio”. O programa de crédito estava suspenso desde o dia 12 de janeiro, quando foi posto em revisão.


O banco informa que, para contratos já realizados, nada muda. “O pagamento das prestações continua sendo realizado de forma automática, por meio do desconto no benefício, diretamente pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS)”, disse em comunicado.


No último dia 9 de fevereiro, o governo federal anunciou regras mais restritivas para a concessão de empréstimos para beneficiários do Auxílio Brasil. A principal mudança foi a redução do limite para o desconto mensal no benefício, de 40% para 5%.


O empréstimo consignado é aquele em que o crédito é concedido com desconto automático das parcelas em folha de pagamento ou benefício. A modalidade para beneficiários do Auxílio Brasil foi sancionada em agosto do ano passado, embora tenha sido ofertada pelo mercado financeiro somente a partir de outubro.


Desde então, foi suspensa em duas ocasiões – uma antes do segundo turno das eleições presidenciais, sob recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU), e outra em janeiro deste ano, quando a atual presidente do banco, Maria Rita Serrano, tomou posse. “O banco não tem como arcar com isso”, disse Maria Rita, na ocasião.


“Decidimos suspender essa modalidade por dois motivos. O primeiro é que o governo está revendo o cadastro. Então, não seria de bom tom manter. O segundo é que os juros são muito elevados para essa parcela da população", afirmou a presidente.


Em outubro de 2022, os empréstimos consignados somaram cerca de R$ 5 bilhões, de acordo com o Banco Central, dos quais a Caixa respondeu por R$ 4,3 bilhões.


Fonte: CNN Brasil

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page