top of page
Buscar

Carros coloridos perdem espaço no mercado automotivo brasileiro


Um levantamento com base em dados na Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) confirma a sensação de que as ruas estão menos coloridas: em junho de 2023, 80,4 milhões dos veículos no Brasil, ou 67% da frota total, são de uma dessas quatro cores:


branca (21,2%);

preta (18,9%);

prata (16,8%);

cinza (10,2%).


A predominância de carros brancos, pretos e cinzas nas estradas brasileiras pode ser atribuída a várias razões, como preferências de mercado, influências culturais, tendências de design e até mesmo questões práticas. Aqui estão algumas explicações possíveis para essa tendência:

  1. Clima e Estética: Cores neutras como branco, preto e cinza tendem a ser mais populares em regiões com climas quentes, como o Brasil. Isso ocorre porque essas cores refletem mais luz solar e ajudam a manter o interior do veículo mais fresco, reduzindo a necessidade de ar-condicionado.

  2. Manutenção e Resale Valor: Cores neutras são geralmente mais fáceis de manter e disfarçar pequenos arranhões ou desgastes ao longo do tempo. Além disso, muitos compradores acreditam que veículos nessas cores têm um valor de revenda mais alto.

  3. Tendências de Design: Em muitos casos, a indústria automobilística segue tendências globais de design. Nos últimos anos, houve uma preferência por designs mais minimalistas e modernos, nos quais as cores neutras costumam se encaixar bem.

  4. Convenção Cultural: As preferências culturais também desempenham um papel importante. Algumas culturas podem associar carros neutros a um estilo mais elegante e sofisticado, o que influencia as escolhas dos consumidores.

  5. Percepção de Limpeza: Cores claras como branco são frequentemente associadas à limpeza e higiene. Isso pode influenciar as escolhas dos compradores que desejam que seus carros pareçam bem cuidados.

É importante observar que as preferências por cores de carros podem mudar ao longo do tempo com base em fatores como moda, cultura e inovações na indústria automobilística.


Portanto, embora as cores neutras possam ser dominantes atualmente, isso não significa que carros coloridos tenham desaparecido por completo. Há sempre espaço para diversidade e variação nas preferências dos consumidores.


0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page