top of page
Buscar

Ciclone causa ventos fortes no sábado e frio no domingo no RS


Imagem: Guilherme Almeida/ Correio do Povo.

A MetSul Meteorologia alerta que os ventos devem aumentar muito a partir do fim da tarde desta sexta-feira (3), no Rio Grande do Sul. A previsão é que sigam fortes a durante este sábado (4) em parte do Estado, com a formação de um ciclone extratropical nos litorais gaúcho e uruguaio, com o centro de baixa pressão próximo ao Chuí. O período mais crítico será a madrugada e manhã desse sábado.


Como a MetSul explicou em seus boletins, o vento forte no Rio Grande do Sul se daria em dois momentos distintos e por razões diferentes. Nesta quarta (1º) e quinta-feira (2), o Estado teria forte vento do quadrante Leste pelo contraste de pressão entre um centro de baixa pressão no continente e um de alta pressão no oceano. Entre hoje e amanhã, vento forte a intenso pela formação de um ciclone na costa.


No primeiro momento, do vento do quadrante Leste, por diferencial de pressão, houve registro de rajadas em estações oficiais de 81 km/h em Mostardas, 78 km/h em Canguçu, 74 km/h no Chuí, 73 km/h em Tramandaí, 72 km/h em Dom Pedrito, 69 km/h em Santiago, e 67 km/h em Rio Grande. Agora, no segundo momento de vento, desta vez pela atuação do ciclone extratropical, devem ser esperadas rajadas com velocidades maiores no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul, uma vez que o ciclone será intenso e estará muito perto da costa no momento inicial.


Em Porto Alegre, o vento aumenta na próxima noite e sopra com rajadas fortes durante o sábado, cedendo gradualmente no final da tarde e à noite. As rajadas na capital gaúcha devem ficar entre 60 km/h e 70 km/h, em média, mas, pelo efeito da topografia e do relevo da cidade, alguns pontos podem ter picos de 70 km/h a 90 km/h.


Grande parte do interior gaúcho deve ter vento, em média, de 40 km/h a 60 km/h entre hoje e amanhã, mas, como ocorre normalmente em ciclones na costa, as rajadas fortes a intensas não ocorrem mais adentro do continente e sim em pontos próximos do mar. Por isso, cidades do Sul e do Leste gaúcho terão forte ventania no final do dia de hoje e durante o sábado. As rajadas mais fortes no Sul e no Leste gaúcho atingirão marcas de 80 km/h a 100 km/h e isoladamente superiores. Pontos da costa podem ter rajadas de 100 km/h a 120 km, especialmente entre o Chuí e Mostardas. O vento vai aumentar também no litoral catarinense, especialmente entre Passo de Torres e Florianópolis com rajadas em média de 50 km/h a 70 km/h, mas de 80 km/h a 100 km/h ou isoladamente superiores em algumas praias.


No sábado, o ciclone vai estar sobre o Atlântico ainda perto dos litorais do Rio Grande do Sul e do Uruguai no começo do dia, ainda mais intenso. Mas no decorrer do período, o sistema se afasta do continente no sentido Leste-Sudeste enquanto um centro de alta pressão com ar mais frio começa a tomar conta do Sul do Brasil.


No domingo (5), por sua vez, o ciclone já estará distante da costa. Uma massa de ar mais seco e frio cobre o Rio Grande do Sul no final de semana, associada a um centro de alta pressão que vai estar durante o dia posicionado sobre o Rio da Prata.


Por isso, o tempo melhora e firma neste fim de semana no Rio Grande do Sul. O sol, que já pode aparecer em algumas cidades gaúchas nesta sexta, por conta da circulação ciclônica que costuma trazer alternância de sol, nuvens e chuva, passará a predominar no decorrer do fim de semana.


Fonte: Correio do Povo

0 comentário

Comments


labelladonnasaoleopoldo.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page