top of page
Buscar

Denarc mira grupo especializado no tráfico de drogas sintéticas em Porto Alegre e Canoas


Imagem: divulgação/ Polícia Civil.

O Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil confirmou, nesta quinta-feira (19), que investiga um esquema de distribuição de drogas sintéticas, com base em Porto Alegre e Canoas. De acordo com a corporação, os entorpecentes eram enviados através dos Correios até a residência dos traficantes, que então revendiam os ilícitos.


O delegado Gabriel Borges, titular da 3ª Delegacia de Investigação do Narcotráfico, conta que uma investigação de três meses revelou que remessas de drogas eram enviadas para diversos endereços e, posteriormente, eram revendidas em festas e eventos na Capital e Região Metropolitana.


Um homem de 30 anos, com antecedentes por tráfico, foi preso em flagrante na Zona Norte de Porto Alegre. No apartamento em que ele foi localizado, também foram apreendidos 850 comprimidos de ecstasy e 80 pontos de LSD, além de porções de MDMA, anabolizantes e maconha, totalizando um prejuízo de mais R$ 50 mil aos traficantes. No imóvel, também foi apreendida uma pistola calibre 9 milímetros – de uso restrito – com carregadores e munições.


De acordo com Borges, que comandou a ação, pelo menos outros quatro traficantes são investigados por envolvimento no esquema. "Eles não são integrantes dessas facções mais conhecidas, mas possuem um grupo articulado no tráfico de sintéticas. O foco deles é um público 'diferenciado', que consome drogas de alto valor de mercado", afirmou o delegado.


Fonte: Correio do Povo

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page