top of page
Buscar

Bolsonaro se desculpa por divulgar outra fake news sobre a vacina contra covid


O ex-presidente Jair Bolsonaro continua produzindo estragos e, depois de propagar mais uma mentira, ele usou a rede social para se desculpar. Às vésperas do julgamento do pedido de sua inelegibilidade pelo TSE, marcado para a próxima quinta-feira (22), ele disse neste sábado, em encontro na cidade de Jundiaí, São Paulo, que havia óxido de grafeno na composição da vacina da Pfizer contra a covid-19.

"Em relação a uma conversa no dia de ontem, na cidade de Jundiaí (SP), sobre a existência de óxido de grafeno na vacina de tecnologia RNA, houve um equivoco da minha parte. Como é de conhecimento público sou entusiasta do potencial de emprego do óxido de grafeno, por isso inadvertidamente relacionei a substância com a vacina, fato desmentido em agosto de 2021. Mais uma vez lamento o falado e peço desculpas", disse, por meio do Facebook, neste domingo.


A declaração que se soma a tantos outros fake news feitos pelo ex-presidente foi esta:


“Agora vocês vão cair para trás . A vacina de RNA tem dióxido de grafeno, tá. Onde ele se acumula, segundo a Pfizer, que eu fui lá ver aquele trem? No testículo e no ovário. Eu li a bula”.


Ou seja, mais uma mentira do ex-presidente que marcou seu mandato pela propagação contra a eficácia das vacinas e o negacionismo cientifico. Na bula do imunizante, esse dado não existe (você pode ler aqui). As bulas de outras fabricantes de vacinas também não indicam uso da substância na composição.


Fonte: Portal Brasil 247

0 comentário

Comments


labelladonnasaoleopoldo.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page