Cachorra encontrada em cratera aberta na Via Dutra volta para casa


Família reencontra a cachorrinha Adelaide, que havia caído em uma cratera aberta da rodovia Dutra | Imagem: Reprodução/TV Globo

Depois de uma semana inteira de saudade, uma família de São Paulo reencontrou uma integrante que tinha desaparecido.


A família já não sabia mais onde procurar a Adelaide, que tinha fugido de casa na terça-feira (4), e descobriu que ela foi parar no meio da cratera que se abriu na Via Dutra, depois de ver a notícia na televisão.


"Foi através da reportagem do Jornal Nacional , daí eu passei a fazer os contatos. Agradeço a todos vocês e às pessoas que se dedicaram a isso”, conta o advogado Wanderley Venâncio.


Na quinta-feira (6), duas pistas da Via Dutra cederam depois de uma tempestade; 12 casas chegaram a ser interditadas. A Adelaide estava no meio dos escombros, camuflada. Mal dava para perceber.


“As máquinas estavam em operação no local da obra. Foi um dos funcionários que avistou um movimento, um vulto, e pediu para gente ir lá verificar o que era. Chegando lá, foi constatado o animal no local”, conta Gilvan Pereira Alves, líder de equipe.

A equipe da concessionária levou a cachorrinha para um hospital veterinário. A Adelaide quebrou um ossinho de uma das patas, mas não precisou ser operada.


Cinco dias depois, os donos descobriram o paradeiro da cachorrinha e se reencontraram.


"Fiquei muito feliz por terem socorrido, até porque não é todo dia que isso acontece, e eles terem esse ato de ver e ir ajudar eu achei muito lindo", diz a estudante Laura Venâncio.

Ela só foi devolvida agora porque a família teve que provar que era responsável por ela. A Adelaide finalmente voltou para casa e já está no quintal se divertindo com os outros sete cachorros da família.


Fonte: G1

0 comentário