top of page
Buscar

PF indicia 18 pessoas por desvio de encomendas dos Correios entre SC e RS

A Polícia Federal (PF) indiciou 18 pessoas pelo desvio de encomendas dos Correios durante a rota entre Joinville, em Santa Catarina, e Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O inquérito é resultado de uma investigação que se iniciou em 2022 e foi finalizada nesta semana.


Os 18 envolvidos foram indiciados pelos crimes de furto qualificado, receptação qualificada, organização criminosa, lavagem de dinheiro, tráfico internacional de drogas e uso clandestino de rádio transceptor. Conforme apontou a investigação, o grupo criminoso interceptava os caminhões dos Correios, retirava as encomendas de alto valor e utilizava lacres falsos para evitar suspeita de violação do compartimento de cargas.


De acordo com a PF, os motoristas dos veículos, que prestavam serviço terceirizado aos Correios, faziam parte do grupo. Posteriormente, os produtos furtados eram armazenados em um depósito da organização criminosa e comercializados por meio uma plataforma de vendas on-line. Este depósito foi localizado pelos policiais ao longo do trabalho.


O esquema ocorria em nove etapas estruturadas. A primeira consistia no recrutamento dos motoristas, passando pela falsificação de lacres, subtração de encomendas, classificação de materiais, chegando à precificação para venda, comercialização em plataformas digitais e outros meios, ocultação de valores, e, por fim, a destruição das provas.


Ao longo da investigação, a Polícia Federal prendeu nove pessoas, apreendeu 14 veículos e bloqueou contas bancárias judicialmente. Até o momento, já foram identificados e restituídos pela polícia R$ 113,4 mil em encomendas subtraídas. A estimativa é de que os Correios registrem um prejuízo de R$ 1 milhão.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page